Semana Santa: mais de 28 mil passageiros devem passar pelo piauí

0

Pelo menos 28 mil passageiros devem passar pelo Aeroporto de Teresina (Senador Petrônio Portela) e pelo Terminal Rodoviário Lucídio Portela durante o feriado prolongado da Semana Santa. A expectativa de movimentação é considerada boa quando comparada ao mesmo período do ano passado.

Entre os dias 18 a 22 de abril, de acordo com o coordenador de operações Robson Silva,  o Terminal Rodoviário espera receber de 13 a 14 mil passageiros nos quatro dias de feriado. “A nossa expectativa é de aumentar de 3 a 5% o número de passageiros com relação ao mesmo período do ano passado”, acrescentou.

A direção do terminal coleta de dados junto às empresas de ônibus, que operam no terminal, para que os empresários possam planejar o possível aumento no número de rotas e de veículos extras. Essa coleta de dados deve ser finalizada na quarta (17).

Apesar de ainda não ter a lista dos destinos mais procurados durante a Semana Santa, Robson Silva disse que é comum – como nos anos anteriores – os passageiros visitarem os familiares pelo interior do Piauí, como em Barras, Campo Maior e Esperantina. Ele pontua ainda que há uma busca  significativa pelo litoral piauiense.

Já o Aeroporto de Teresina, segundo balanço da Infraero, deve receber mais de 15,5 mil passageiros. Essa estimativa é 45% superior à movimentação registrada no feriado de páscoa de 2018. São esperadas 98 operações de pousos e decolagens, 32 a mais que as 66 registradas na Semana Santa de 2018.   Equipes de operação e de segurança serão reforçadas para atender a demanda.

“Com 51 anos de operações, o terminal tem capacidade para receber mais de dois milhões de passageiros por ano e registra média diária de aproximadamente três mil viajantes”, ressaltou a Infraero.

Atualmente, são 45 operações regulares semanais no Aeroporto de Teresina, operadas por três companhias aéreas (Azul, Gol, Latam). As rotas interligam Teresina a diversos destinos brasileiros, como São Luís (MA), Fortaleza (CE), Guarulhos e Campinas (SP), Brasília (DF), Recife (PE), Belém (PA) e Parnaíba (PI).

 

 

 

 

Fonte: Cidade verde

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here