Professores substitutos do PI entram em greve por atraso em salários

0
Professores substitutos do Piauí entram em greve Foto: Divulgação.

A categoria não é organizada em sindicato e criou uma página no facebook e um grupo de whatapp para organizar o movimento.

Professores substitutos da rede de ensino do Piauí estão em greve em vários municípios desde esta segunda-feira (21). Eles organizaram uma mobilização através das redes sociais e alegam que estão sem receber os salários de fevereiro e março deste ano.

Por isso, a categoria resolveu fazer protestos e entrar em greve. As informações são de que há professores paralisados em pelo menos 11 municípios; Teresina, Parnaíba, Luís Correia, Floriano, Esperantina, José de Freitas, Buriti dos Lopes, Cocal, Lagoa Alegre, Batalha, e Caxingó.

A categoria não é organizada em sindicato e criou uma página no facebook e um grupo de whatapp para organizar o movimento.

Segundo a professora de inglês em Teresina, Verônica Dias, o governo deve ainda os salários do ano passado para alguns profissionais. “Estão me devendo do ano passado os salários de agosto e setembro, além dos desse ano que a gente não recebeu. Só promessa”, afirmou a professora.

Ainda segundo a professora, a Seduc está pagando os efetivos e só não os substitutos.

Através de nota, a Secretaria de Estado da Educação (Seduc) informou que os pagamentos dos meses de fevereiro e março dos professores substitutos já estão sendo providenciados, por meio de uma folha suplementar, e que até o final do mês de maio o valor será efetuado.

De acordo com a Seduc, só há conhecimento por parte da Secretaria de que estão em greve apenas professores nos municípios de Buriti dos Lopes, Esperantina e Batalha.

Fonte: Cidade Verde.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here