Prefeitura de Picos diz em nota que não pode tomar providências quanto as laterais da BR 316

0

Através de nota divulgada nas redes sociais a Prefeitura de Picos explicou que não pode tomar providências quanto as laterais da BR 316, trecho que compreende do bairro Bomba ao Junco, uma vez que estas são de responsabilidade do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT). O texto foi emitido em meio às cobranças por parte da população picoense que há anos sofre com a falta de condições de trafegabilidade nessas vias, o que obriga os motoristas a dirigir em meio a carros de grande porte, como caminhões.

Na nota, a Prefeitura Municipal informa que já pediu junto ao órgão federal para adotar medidas paliativas quanto as laterais, mas não recebeu autorização, e que se mesmo assim o fizesse seria punida judicialmente. “Informamos ainda que não podemos intervir sem autorização, já que a divisão de instâncias existe e deve ser respeitada, caso contrário, a prefeitura pode arcar com consequências judiciais”, consta no texto.

Esse fato lembrou um episódio protagonizado pelo ex-prefeito de Picos Kléber Eulálio. Em 2013, quando governava a cidade e após constantes críticas da população, ele mandou instalar placas ao longo de toda a extensão das laterais da BR 316 informando que a responsabilidade pela recuperação dessas vias é do DNIT.

As obras

Em recente entrevista ao Folha Atual, o supervisor da unidade do DNIT em Picos, Elvon Marton Lima, afirmou que 71% das obras de drenagem já estão concluídas e que a obra deve ser finalizada até o mês de setembro deste ano. A pavimentação só poderá ser realizada após as obras de drenagem, cujo objetivo é evitar que água se acumule sobre o asfalto e o deteriore rapidamente.

Nota da Prefeitura

 

 

Fonte: Folha atual

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here