Piauienses denunciam golpe de empresa de turismo que fez dezenas de vítimas

0

A empresa JPE Turismo, que tinha sede em Fortaleza (CE) e filial em Teresina, está sendo alvo de denúncias, feitas principalmente por piauienses, além de outros usuários de todo Brasil, que  alegam serem vitimas de um golpe.

As denúncias já estão repercutindo redes sociais e segundo as vítimas, após a compra de pacotes de turismo para dentro e fora do país, a empresa não atendeu mais as ligações e não ressarciu os compradores.

“Essa agência tinha em Teresina. Várias pessoas de Teresina foram lesadas por essa agência de turismo”, disse um denunciante ao 180.

Ao pesquisar o CNPJ da empresa, o jornalista João Paulo Brito Guimarães e Ennio Sales Moreira, aparecem como donos da JPE Turismo. O portal Diário do Nordeste já havia divulgado o caso em que um grupo com viagem marcada a Buenos Aires não recebeu passagens no dia da partida.

A teresinense Ingrid Moura, que também foi lesada pela empresa, informou que no início estava indo tudo muito bem, mas quando as viagens estavam próximas de acontecer, ela percebeu que tinha algo de errado com a empresa.

“Eles inventavam desculpas dizendo que tinha tido problema com a companhia aérea e até então a viagem não aconteceu e as pessoas entraram em contato pra serem ressarcidos do valor, que até hoje também não foram feitos”, informou.

Em uma publicação no Instagram, a empresa falou que teve problemas com a emissão de 20 passagens aéreas. “Dos 20, 5 já viajaram e estão no Rio de Janeiro. O restante está em negociação para alteração da data ou reembolso do dinheiro pago”, disse a empresa em seu perfil.

Um grupo foi à sede da empresa em Fortaleza e notou que os proprietários tiraram alguns equipamentos do lugar, como ar condicionado e itens de decoração. Ainda não se sabe a quantidade total de pessoas lesadas pela empresa, mas os denunciantes informaram ao 180 que pode passar de 100.

180 tentou contato com os telefones disponibilizados no Instagram da empresa, mas nenhum atendeu.

Confira o desabafo de uma das vítimas:

Em Fortaleza existe uma empresa que promete realizar sonhos, diz que facilita a compra de pacotes turísticos para o Brasil e, também, para outros países. A empresa cujo nome fantasia é JPE, está aplicando golpe em pessoas do país inteiro.

Atualmente, já são mais de 100 pessoas lesadas. Ressalta-se que em uma mesma família o prejuízo chegou a 14.000,00 reais. Os donos já foram notificados, mas sumiram, as autoridades policiais já foram notificadas dos golpes e mesmo assim não prestaram nenhuma assistência mais efetiva.

Destaca-se, ainda, que os donos não atendem ligações, não respondem WhatsApp e não retornam nenhum contato. Já foi contabilizado, aproximadamente, 100.000,00 reais de prejuízo e que a respeito de já ter sido veiculada em mídia local, ninguém tem se movimentado para ajudar.

Precisamos, COM URGÊNCIA, de uma reportagem nacional para que o caso se torne, ainda mais, público é que os sócios da empresa se manifestem para negociar a Dívida.

É importante destacar que a empresa que promete realizar sonhos, na verdade tem destruido sonho, planos, férias e muitas pessoas estão tendo a vida pessoal prejudicada por causa da frustração senão viajar, muitos dos lesados são pessoas de baixo poder aquisitivo que fazem esforços para pagar a viagem em 12 vezes ou mais é a Empresa JPE simplesmente some com o dinheiro.

Já houve casos de um grupo em Paris ficar sem hospedagem e sem passagem de volta, outro grupo ficou a ônibus para o translado e muitas, muitas, muitas pessoas estão tendo os sonhos de vida destruído. Ajude-nos a encontrar os donos da empresa JPE, pois temos certeza que a notariedade fará com que o Ministério Público e as autoridades policiais tomem posicionamento mais eficaz e efetivo.
#eufuivitima

 

 

 

 

Fonte: 180 Graus

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here