Piauí recebe o final da Copa Brasil Nordeste de Enduro de Regularidade

0

O Enduro do Corisco é considerado por muitos a prova mais dura do Campeonato Piauiense de Enduro de Regularidade, só que para esse ano, além de ser válida pelo campeonato estadual, também será válida como encerramento da Copa Brasil Nordeste de Enduro de Regularidade, promovida e organizada pelas federações de motociclismo do Piauí, Maranhão e Ceará. A prova acontecerá no dia 27 de outubro, com largada de Teresina. Podem participar pilotos nas categorias Master, Sênior, Júnior, Novato, Dupla e Rally.

O Enduro do Corisco, que é tradicional no calendário off-road piauiense e é uma prova que homenageia a região de Teresina, valerá como 9ª e 10 etapas do Piauiense de Enduro de Regularidade, evento da Federação de Motociclismo do Piauí – FMP, que atualmente é presidida por Francisco Pitombeira . “Será uma satisfação muito grande poder sediar o final desta importante Copa; Teresina receberá os pilotos de braços abertos, como já é de costume de nosso povo”, disse Pitombeira. A etapa terá como uma de suas principais características uma prova dura, porque sempre acontece no segundo semestre do ano, com temperaturas altas, trechos técnicos, priorizando algumas subidas e descidas de serras.

A prova valerá também como a 3ª e última etapa da Copa Brasil Nordeste de Enduro de Regularidade, evento homologado pela Confederação Brasileira de Motociclismo – CBM e organizado pelas três federações nordestinas citadas. A 1ª etapa aconteceu em Santa Quitéria, no Ceará (Enduro do Urânio) e a 2ª etapa em Caxias, no Maranhão (Enduro do Leste) e fechando o campeonato, o Enduro do Corisco.

O Diretor de Prova do Enduro do Corisco, Zenardo Maia afirmou que a expectativa é que a etapa supere 80 competidores de vários estados do Nordeste. O local de largada e chegada ainda está sendo definido e o levantamento do percurso começa na próxima semana.  O roteiro da prova ainda está sendo programado, mas a organização adianta que o percurso cruzará algumas das serras mais difíceis da região. A competição deverá percorrer mais de  200 km de trilhas entre Teresina e municípios próximos à capital, com estimativa de sete horas de tempo total de disputa.  “Teremos trechos muitos técnicos, subidas de serra e muita tranqueira, sem falar nas trilhas e veredas com médias muitos justas, onde qualquer vacilo pode significar estar fora da prova”, destacou Maia, que também é diretor técnico da FMP.

As inscrições já podem ser feitas pelo site: www.cbm.esp.br/ www.cbm.esp.br

 

 

Fonte: Cidade verde

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here