Pelo menos 98% dos postos estão sem combustíveis no Piauí

0
Foto: Marcelo Cardoso

Mesmo com a proposta do presidente Michel Temer, de reduzir em R$ 0,46 o preço do litro do diesel por 60 dias, os caminhoneiros seguem protestando em pelo menos 14 estados.

Os caminhoneiros chegam nesta segunda-feira (28), ao oitavo dia de manifestações contra a alta do diesel no Brasil e ao sétimo dia de protestos no Piauí. Segundo Alexandre Cavalcante, presidente do Sindicato dos Postos, em todo o estado, 98% dos postos seguem sem combustíveis.

“O número inicial desta segunda é 98% em todo o estado, mas algumas cidades do interior já estão 100% secas [sem combustível]. Na capital, é um pouco melhor, porque, como é muito próximo da base, um ou outro caminhão consegue sair e você tem aqui na Capital talvez cinco ou dez postos com combustíveis”, afirmou Alexandre Cavalcante.

Mesmo com a proposta do presidente Michel Temer, de reduzir em R$ 0,46 o preço do litro do diesel por 60 dias, os caminhoneiros seguem protestando em pelo menos 14 estados do Brasil, onde a greve já chega ao oitavo dia.

Terminal de Petróleo bloqueado

Hoje pela manhã, os motoristas de aplicativos ainda permaneciam concentrados no Terminal de Petróleo de Teresina, impedindo que caminhões-tanques saíssem para abastecer os postos em todo o Estado. No último final de semana, vários postos ficaram sem álcool e gasolina e os motoristas tiveram que se deslocar em diversas zonas da cidade.

Alguns motoristas dormiram em postos para conseguir abastecer na manhã de hoje. No bairro São João, por exemplo, mais de 60 veículos estão em uma longa fila para que sejam abastecidos. Alguns motoristas estão aguardando desde às 17h desse domingo (27) para tentar colocar gasolina, único combustível que ainda restou no estabelecimento. E a situação se repete em outros pontos de Teresina.

Fonte: GP1.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here