Nordeste tem apenas 2,2% dos empréstimos da Caixa

0

As diferenças do governo Bolsonaro em relação ao Nordeste são mais que retóricas. Segundo levantamento do Estadão/Broadcast, a Caixa reduziu – e reduziu muito – a participação da região no volume de empréstimos concedidos aos governos estaduais. Os números estão baseados em informações do próprio banco.

Nos primeiros sete meses deste ano, os novos empréstimos da Caixa para governadores e prefeitos de todo o país somaram R$ 4 bilhões. O Nordeste responde por menos de dez operações, totalizando R$ 89 milhões, o que corresponde a 2,2% do total – um volume bem abaixo do comportamento de anos anteriores.

Os números divulgados discrepam tanto em termos percentuais quando ao valor absoluto. Em 2018, por exemplo, as operações dos governantes nordestinos com a Caixa totalizaram R$ 1,3 bilhão, ou 21,6% do bolo geral de R$ 6 bilhões. Em 2017 o banco contratou operações no total de R$ 7 bilhões, cabendo ao Nordeste R$ 1,3 bilhão (18,6% do total).

O balanço é lido como resultado das ligações políticas entre Brasília e o Nordeste. Vale lembrar, os governadores nordestinos assumiram posição de aberta oposição ao governo Bolsonaro. O ponto marcante dessa distante relação foi a discussão sobre a reforma da Previdência, quando os 9 governadores da região se posicionaram contra.

Caixa justifica diferença com ‘sazonalidade’

A reportagem do Estadão/Broadcast gerou reações na Caixa. Em nota, o banco negou discriminação e atribuiu à “sazonalidade” o baixo valor de créditos destinado ao Nordeste. Segundo a Caixa, sempre há variação nesses índices, tanto de um ano para outro como dentro do próprio ano. Acrescentou que os números podem variar “dependendo ainda do número de pleitos recebidos bem como da aprovação dos ritos anteriormente relacionados”.

A Caixa oferece outros dados. Diz que, de R$ 2,8 bilhões destinados a estados e municípios, este ano, R$ 706 milhões foram para o Nordeste, “número expressivo em âmbito nacional”. Vale anotar, no entanto, que desembolso é diferente das contratações, já que incluem contratos firmados em anos anteriores.

 

 

 

 

Fonte:Cidade verde

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here