Moradores esperam há 3 anos construção de ponte na PI 117

0

O leitor do GP1, Arnaldo Bessa, denunciou que há mais de 3 anos os moradores de Esperantina e Batalha esperam a construção de uma ponte na PI 117 que desabou. A rodovia é de responsabilidade do Departamento de Estradas e Rodagens do Estado do Piauí (DER-PI), que tem Castro Neto como diretor

No dia 2 de janeiro de 2016 a ponte que liga as cidades de Esperantina e Batalha, na PI 117, acabou desabando após uma forte chuva que atingiu a região. Na ocasião, para contornar a situação, o Exército foi acionado e construiu um desvio que fica ao lado do local onde estava a ponte.

Os soldados do Exército tiraram parte de uma vegetação para fazer uma estrada de terra. Desde então os moradores usam essa estrada, que atualmente está em péssimas condições, com vários buracos.

Outro lado

GP1 entrou em contato com José Ribamar, diretor do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes no Piauí (DNIT-PI) e informou que a obra está sob responsabilidade do 2º Batalhão de Engenharia de Construção (BEC) do Exército Brasileiro.

“Essa obra está sendo feita por meio de um convênio com o BEC. Foi feita uma licitação e a empresa chegou a iniciar a obra, mas o problema é que devido ao período chuvoso, ela foi paralisada, mas deve voltar em maio. Essa é a informação que eu recebi. Foi feito um desvio, e lá sempre está sendo realizada a manutenção dessa estrada. Recentemente a gente recebeu a informação que a estrada estava ruim, acionamos o BEC que melhorou a situação dela. Agora a obra está sendo conduzida pelo 2º BEC”, explicou Ribamar.

 

 

 

Fonte: GP1

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here