Ministério Público emite nota após áudio de prefeito contra atuação de promotora

0

O Mistério Público Estadual do Piauí divulgou nota em defesa da promotora Tallita Luzia Bezerra Araújo, após divulgação de áudio do prefeito do município de Marcolândia, Chico Pitu. Na gravação, o gestor municipal comunica que vai reabrir o comércio da cidade e critica o trabalho da promotora.

Em um trecho da gravação, o prefeito afirma que cansou de ser “mandado” e que se  a promotora quiser fechar o comércio, terá que ir pessoalmente até a cidade.

“Estou mandando abrir todos os bares e restaurantes amanhã às 7 horas da manhã. É para abrir tudo. Eu cansei de ser manobrado e mandado pelos outros. Vai abrir tudo. Se a promotora quiser mandar fechar, que ela feche. Para ela fechar vai ter que vir aqui notificar. Ela nunca fez uma live com a gente. Só papel. E eu não aceito mais. O prefeito aqui sou eu. Fui eleito foi para mandar e não ser mandado por ninguém”, afirma o prefeito no áudio.

Na nota, o Ministério Público afirma que as críticas contra a atuação da promotora se devem a questões políticas.

“A APMP vem a público apresentar nota em defesa da promotora  Tallita Luzia Bezerra Araújo frente aos recentes ataques de natureza política deferidos contra sua pessoa. (…) Na busca incessante de realização dessa missão, infelizmente é comum enfrentar forças obscuras, alheias ao devido e à Justiça”, diz a nota.

A reportagem do CidadeVerde.com entrou em contato com o prefeito Chico Pitu. O gestor informou que participa no momento de uma videoconferência com o governador Wellington Dias (PT).  Eles discutem as regras para a reabertura das atividades.

Logo após a reunião, a assessoria do prefeito divulgará nota com a decisão do gestor sobre a reabertura do comércio na cidade.

Veja nota do Ministério Público:

 

Fonte: Cidade Verde / Lídia Brito

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here