Lula apresenta sua noiva a W.Dias e pode se casar no Piauí

0

Ao participar da reunião, na quinta-feira (27),  dos governadores do Nordeste com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PF), na prisão na Polícia Federal (PF), em Curitiba (PR), o governador Wellington Dias (PT), afirmou que a liberdade do líder petista está próxima.

“Nós fomos não apenas um abraço do Nordeste, mas confiança na liberdade de Lula. Nós estamos presentes nessa luta, o Brasil e, agora, o mundo inteiro. Estamos certos de que o presidente Lula é um preso político e não existe nenhuma prova que possa sustentar essa decisão da prisão. Por essa razão, fomos a Curitiba. Estamos todos na luta, todo Brasil porque ele foi o melhor presidente. Queremos o presidente Lula de volta. É o Brasil que precisa de Lula”, afirmou Wellington Dias.

“Estamos bastante confiantes de que em breve, nós vamos ter Lula livre”, falou Wellington Dias.

Wellington Dias afirmou que Lula apresentou sua noiva Rosângela aos governadores do Nordeste e falou que vai casar.

Wellington Dias ofereceu o Piauí para que seja o local do casamento, mas o governador Rui Costa (PT) está participando da disputa porque quer que casamento de Lula seja na Bahia.

“Ele nos apresentou a Rosângela, como a mulher que ele já decidiu se casar ao sair. E disse isto na presença dos filhos que o visitavam quando chegamos e junto com ela.   ‘Então vai se casar no Piauí, lá no litoral do Piauí’ eu disse. Ele tinha dito antes que ao sair que ir tomar um banho naquele belo mar do Piauí onde ele já foi, quer ir conhecer o Delta e Barra Grande.   Rui Costa já entrou na disputa e disse :’ faço o convite também para se casar na Bahia’. E ele, conciliador, já resolveu o problema ‘então vou me casar num Estado e passar a lua de mel no outro’ e sorriu animadamente. Ele nos pareceu bem, sorridente, brincalhão, um gigante,  considerando ser alguém que já está a tanto tempo como um preso político,  sem uma única prova no processo e agora vendo tudo ser revelado da trama como aconteceu. Mais indignado ainda com este processo do sítio ‘O mesmo juiz que autorizou o dono vender é o que me acusa de ser o dono. Como pode ser? Quando é comigo esquecem a Constituição e as leis, é só o ódio e vontade de me condenar. Mas sei por que? Não me querem viajando pelo Brasil. Querem me condenar para eu não poder viajar, não poder me candidatar como aconteceu em 2018. É por isto que não acatam os recursos que os advogados apresentam e com base na lei.’ E nesta hora fica muito irritado, indignado”, declarou Wellington Dias.

Wellington Dias falou que Lula fez questão de mostrar um porta-retrato com a frase “o Amor Vencerá o Ódio”,

“Fez questão de nos mostrar um porta-retrato com a frase ‘o Amor Vencerá o Ódio’ e  nos disse para eu e o Rui Costa, governador da Bahia, viajarmos visitando nosso povo, mas não apenas em nossos Estados, viajar pelo Brasil e levar esperança. Não deixar o ódio vencer. ‘Estou aqui pelo ódio de alguns com os mais pobres, o ódio contra o PT. E se tem uma coisa que me arrependo é de não ter feito ainda mais pelos mais pobres’, nos disse ele. Segundo ele é importante não deixar as pessoas perder a esperança. ‘Não devem viajar outros Estados para ficar falando mal do Bolsonaro ou do Moro, tem que falar é da Esperança, do que fizemos e do que podemos fazer pelo povo.’ Ele percebe pelas informações que lhe chegam que tem um vazio de propostas que desperte a confiança e a esperança num futuro melhor e que nosso campo político pode entrar nesta onda da coisa miúda e devemos tratar dos grandes temas. Como podemos reduzir o desemprego e cuidar dos mais pobres, como resolver o problema da violência e melhorar a segurança, como melhorar a saúde onde agora ficou sem médico. Como fazer para economia voltar a crescer. O tempo que ficamos com ele o ex presidente Lula falou o tempo inteiro da sua preocupação com o crescimento da pobreza no Brasil, mais pessoas de rua, com a precarização do trabalho após a reforma trabalhista e crescimento do número de desempregados. Alertou do quanto é grave a queda na aconomia desde que deram o golpe e afastaram a presidenta Dilma, dois anos caindo 3% e tudo caminha para mais queda em 2019. Para ele, é um momento de grandes oportunidades para o Brasil na economia global. E a falta de ações do governo, a ausência de políticas para o crescimento econômico estamos perdendo oportunidades e o programa parece que é só vender o patrimônio brasileiro e desmantelar as instituições. Levando o país para um colapso.”, acrescentou Wellington Dias.

 

 

 

Fonte: Efrém Ribeiro/ Meio Norte

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here