HGV e Hospital Regional de Picos irão receber novos respiradores

0

O Piauí recebeu na manhã desta segunda (01), 100 novos respiradores importados da Turquia e adquiridos pelo Governo do Estado do Piauí, através da Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi). Eles irão ampliar a capacidade de terapia intensiva do estado no enfrentamento da COVID-19. Os equipamentos serão encaminhados para os hospitais estaduais e de referência no combate a pandemia para garantir melhores condições de atendimento à população. Além dos 100 respiradores adquiridos pelo Estado, também chegaram outros 70 respiradores comprados pela Prefeitura de Teresina.

Segundo do secretário de Estado da Saúde, Florentino Neto, os equipamentos são fundamentais para a montagem de leitos de UTI e de Estabilização que são essenciais para o tratamento de pacientes da COVID-19 que apresentarem complicações no seu quadro clínico. Ele relembra que na última quarta-feira o Piauí recebeu outros 20 respiradores que fazem parte de uma compra realizada no início do ano pela Sesapi, de um total de 80 equipamentos, quando o governo já buscava formas de ampliar sua capacidade de terapia intensiva.

Os respiradres serão destinados a ampliação de UTIs no Hospital Getúlio Vargas (HGV), ao Hospital da Polícia Militar (HPM), serão instalados os últimos leitos de estabilização do Hospital de Campanha do Verdão, e também ampliarão a capacidade de terapia intensiva em Parnaíba, Picos (Hospital Regional Justino Luz), Piripiri e Floriano, apontou o secretário Florentino Neto.

Os hospitais Getúlio Vargas e Justino Luz (Picos), ambos gerenciados pela Fundação Piauiense de Serviços Hospitalares (FEPISERH), estão entre as unidades hospitalares que receberão equipamentos para ampliar a capacidade de atendimento. Atualmente, o Getúlio Vargas conta com 30 UTIs exclusivas para tratamento de Covid-19, e o Hospital de Picos, 8, além das unidades de terapia intensiva geral, para outras patologias. No total, o HGV dispõe de 46 UTIs e Picos, 18.

Para o presidente da FEPISERH, Pablo Santos, os hospitais administrados pela Fundação estão atendendo a demanda de acordo com o previsto para o estágio inicial da pandemia. “Os hospitais Getúlio Vargas e Justino Luz estão estruturados com UTIs e leitos clínicos para assistir a população até o momento, mas diante do aumento de casos de Covid, como já era aguardado, estamos ampliando a capacidade de acolhimento para acautelar um possível colapso, o que esperamos que não aconteça. Daí, a importância de manter o isolamento e evitar a sobrecarga na rede estadual”, alerta Santos.

O estado espera ainda receber mais 60 respiradores que fazem parte dos 80 adquiridos no início do ano pela Sesapi, e que por decisão do STF devem chegar ao Piauí nas próximas semanas.

Fonte: SESAPI/FEPISERH

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here