Corpo de Bombeiros do Piauí realizou mais de 16 mil atendimentos em 2018

0

Destaque em premiação internacional em 2018 pela operação desenvolvida na Barragem do Bezerro, em José de Freitas, o Corpo de Bombeiros Militar do Piauí (CBMEPI) tem motivos de sobra para comemorar o Dia do Bombeiro Brasileiro, celebrado nesta terça-fera (2). Conforme relatório, no ano passado, o Corpo de Bombeiros realizou mais de 16 mil atendimentos, sendo 957 incêndios, 2.823 resgates, 1.177 buscas e salvamento, 9.934 vistorias e executados 1.427 projetos.

Segundo o coronel Carlos Frederico, comandante do Corpo de Bombeiros, esse dia é importante para a corporação. “É uma data que paramos para refletir sobre o trabalho dos Bombeiros e a repercussão em nossa sociedade”, afirma Frederico, destacando o trabalho feito por cada homem e cada mulher na corporação. “Atuamos em todo o território piauiense e, às vezes, em outros estados quando acionados pelos protocolos típicos dos Corpos de Bombeiros Militares do Brasil. Situações extremas que exigem ação coordenada e sem margem de erro. Por termos como meta a resolução de incidentes com o máximo de excelência, obtivemos o reconhecimento da população como a instituição de maior credibilidade e confiabilidade em todo o Brasil. Trabalharemos com afinco para fazermos jus a esse reconhecimento”, esclarece o comandante.

Com 365 bombeiros militares, o coronel declara, com orgulho, que a corporação é do tamanho do Piauí e todos trabalham com afinco e determinação na defesa da população e do patrimônio publico.

Como prova dessa atuação ímpar, o Corpo de Bombeiros do Piauí foi reconhecido e premiado internacionalmente como uma entre as 10 melhores operações de resgate do ano de 2018. “É uma marca histórica de nosso CBMEPI. No futuro, nossos descendentes lerão sobre esse momento. Os atuais bombeiros militares eternizaram seu nome na história de sucesso de nossa corporação. Fico muito honrado em ser o comandante-geral dessa equipe especial. Não podemos esquecer, todavia, que cada solicitação de socorro que recebemos representa e deve ser visto como um desafio que significa tanto quanto qualquer outro. Nós daremos sempre o nosso melhor. Nossa competição é diária. Todos os dias, desafios devem ser enfrentados e vencidos. Esse é o nosso dever. Isso representa o que somos”, afirma Carlos Frederico.

(Divulgação)

O comandante afirma que, após longo período sem concurso público, a corporação formou 64 novos soldados e 18 novos oficiais e garante que a qualificação profissional ocorre paulatinamente.

“Novos peritos em incêndio foram formados no Corpo de Bombeiros do Espírito Santo. Novos mergulhadores de resgate foram formados no Mato Grosso e dois novos soldados estão, atualmente, em São Paulo para formação. Ressalto que podemos ter a primeira mulher mergulhadora de nossa corporação. A primeira de muitas, tenho certeza”, afirma o comandante.

Desafios

Planejamento e organização para uma atuação eficiente. É assim que atua o Corpo de Bombeiros do Piauí que, no momento, tem como principal desafio realizar o processo de desconcentração de atividades com equilíbrio e segurança, bem como dar início ao processo de inserção de Tecnologia da Informação (TI) em alguns setores do CBMEPI.

O coronel Carlos Frederico deixa claro que a corporação faz a cobertura de todo o estado e ressalta a aproximação do período de queimadas. “É uma época difícil, a tarefa é árdua, mas será realizada com muita dedicação. Assim, faremos a nossa parte e minimizaremos os danos”, diz o comandante, que conclama a população a adotar medidas preventivas que possam ajudar nessa proteção social necessário durante este período.

“É importante limpar os terrenos, fazer a coleta corretamente. Não toquem fogo em seus resíduos. Em caso de queima controlada, observem as regras mínimas de segurança e tenha o bom senso como seu guia. Venceremos juntos, CBMEPI e população, mais um período de risco”, explica o militar.

 

 

Fonte: Oito Meia

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here