Centro de Reabilitação Apaas é desabilitado pelo Ministério da Saúde em Picos

0

Com atividades suspensas desde o dia 04 de setembro de 2019, após ser alvo da Operação Peloponeso, que teve por objetivo cumprir mandados de busca e apreensão relacionados ao crime de desvio de recursos do Sistema Único de Saúde (SUS), o Centro de Reabilitação Tipo IV foi desabilitado pelo Ministério da Saúde a continuar mantendo seus serviços.

A publicação foi exibida no Diário Oficial da União na última terça-feira (02). Com a desabilitação, cerca de 300 pacientes, do Centro-sul do Estado, deixarão de ser atendidos pela Associação Piauiense de Atenção e Assistência em Saúde – Appas.

Pais de crianças reivindicam pelo não fechamento da APAAS em Picos

Antes da suspensão das atividades, o Centro de Reabilitação estava em débito salarial com cerca de 30 funcionários. As questões trabalhistas não foram, até o momento, legalizadas, segundo informou ao Cidadesnanet um ex-funcionário do local que não quis se identificar.

Disse ainda que as carteiras de trabalho dos funcionários estão retidas pela Apaas e, com a falta de acordo, a maior parte dos servidores do local deixou de ir para o Centro de Reabilitação, funcionando apenas com uma equipe mínima que parou com o início da pandemia.

Cerca de dez ex-funcionários do local já ingressaram na Justiça pedindo a garantia dos direitos trabalhistas. O Cidadesnanet tentou contato com a direção do local, mas, até o fechamento da matéria, não obteve retorno.

Clique e veja a publicação da Portaria de Desabilitação

 

Fonte e fotos | Cidades Na Net

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here