Brasil x Argentina em confronto que pode gerar mudanças

0

Nesta terça-feira (2) Brasil e Argentina estarão em campo no Estádio Mineirão, em Belo Horizonte, nas semifinais da Copa América. O confronto, porém, vai muíto além da disputa de uma vaga para a presença na final.

É que as duas seleções estão necessitando de uma uma reabilitação de fracassos anteriores.

A Argentina está sem títulos há muíto tempo. A última vez que foi campeã mundial foi em  1986, no México. Depois esteve em duas finais, sendo derrotada pela Alemanha: em 1990 na Copa da Itália e 2014 no Brasil.

Em ambas as finais a Alemanha venceu por 1 x 0. Mesmo  em competições de menor importância, como a Copa América, os argentinos estão na fila.

O grande craque Messi já chegou a anunciar a sua despedida da Seleção, em face das críticas recebidas por não levantar uma taça por seu país, ao contrário do que acontece com frequência pelo Barcelona.

Reconsiderou a sua decisão e está de volta. Uma nova derrota poderá determinar muítas mudanças no futebol argentino, com vistas à Copa do Mundo a ser realizada no Catar. Esta é a quinta Copa América de Messi, vice em 2007, 2015 e 2016.  E o jejum de títulos dos argentinos que chega a 26 anos.

A situação do Brasil também não é boa. Ganhou a Copa do Mundo de 2002 e nem mesmo chegou às finais de 2006, 2010, 2014 e 2018. Realizou campanhas fracas. Na Copa América foi campeão em 2011 e perdeu as disputas seguintes.

Acontece que o fracasso nos mundiais de 2014 aqui mesmo no Brasil e de 2018 na Rússia deixaram a torcida brasileira sem confiança em nosso futebol. O técnico Tite teve um ótimo trabalho nas eliminatórias para a Copa da Rússia, mas ficou longe do título, sendo eliminado pela Bélgica.

Foi o suficiente para que vários jogadores sejam contestados e até mesmo o próprio técnico Tite. Se houver uma eliminação diante da Argentina em Belo Horizonte, é muíto provável que tenhamos mudanças no comando e no próprio grupo de jogadores para as eliminatórias com vistas à Copa do Mundo no Catar.

A jornada de brasileiros e argentinos no Mineirão reserva grandes emoções para os dois lados.

 

 

Fonte: Cidade verde

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here