Anel rodoviário poderá ser construído em Picos

0

Um Estudo de Viabilidade Técnica e Econômica (EVTE) apontou soluções para a mobilidade nas rodovias federais que cortam o Piauí. Em se tratando das vias que passam pelo município de Picos, mas especificamente a BR-316, o levantamento projetou a construção de um anel rodoviário.

Segundo o supervisor da unidade do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), em Picos, Elvo Martom Lima, o projeto futuro do anel rodoviário refletirá diretamente na diminuição do tráfego de veículos na travessia urbana picoense.

“O anel rodoviário é uma ação futura que pode trazer muitos benefícios, vai desafogar o trânsito de Picos. Por exemplo, uma pessoa que se desloca de Marcolândia com destino a Teresina não precisa enfrentar a travessia urbana de Picos, pode contornar através do anel. É uma obra que agrega valor para a região e oferece melhorias significativas”, disse o supervisor.

Elvo Martom Lima disse ainda que o estudo prospectou dois traçados alternativos para o anel, com um dos pontos de referência o Povoado de Fátima do Piauí.

Em se tratando da execução da obra que ainda permanece como possibilidade, o supervisor do DNIT explicou que depende da análise da direção do DNIT, em Teresina, para solicitar a confecção do projeto, bem como apoio político.

“Diante do estudo e após solicitação da obra, a direção do DNIT, em Teresina, analisando o pedido poderá requisitar a produção do projeto. Com o projeto em mãos, as etapas legais para construção do anel rodoviário deverão ser cumpridas. Além do DNIT, a execução da obra depende de recursos financeiros, já que demanda altos custos. Para a obra sair também depende de atuação política do poder público municipal, estadual”, concluiu.

O município de Picos possui uma frota de quase 60 mil veículos e o fluxo diário de transportes nas rodovias é elevado, comprometendo a fluidez no trânsito.

 

Fonte: Folha Atual

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here