Amizade entre Neymar e Mbappé empolga PSG

0

Quando a transferência de Neymar para o Barcelona parecia certa, Wilfrid Mbappé, o pai e empresário de Kylian Mbappé, deixou sua opinião nos bastidores do Paris Saint-Germain.

A visão era que o crescimento profissional do filho seria desacelerado sem a presença do brasileiro. Algo raro no ponto de vista de um profissional responsável por garantir protagonismo ao jogador francês em busca do prêmio de melhor do mundo. A análise se baseou não apenas no crescimento técnico, mas na relação da dupla fora de campo.

Mbappé é visto no PSG como um fã de Neymar. Ele não desgruda do brasileiro, valoriza os conselhos ouvidos para melhorar o posicionamento dentro das quatro linhas e também virou um “parça” para festas em Paris.

No sábado (28), após a vitória do PSG sobre o Bordeaux por 1 a 0 -com gol de Neymar após assistência de Mbappé- eles estiveram juntos na capital francesa em uma luxuosa festa de aniversário de 25 anos da modelo Cindy Bruna, namorada do meio-campo do PSG Marco Verratti.

Neymar é quem convida Mbappé para o acompanhar em eventos na cidade e até mesmo para festas e jantares em sua casa, contam os amigos do brasileiro. Partindo do mesmo princípio, eles estiveram juntos no camarote do camisa 10 no

Parque dos Príncipes para acompanhar a vitória por 3 a 0 do PSG contra o Real Madrid na partida de estreia pela Liga dos Campeões.

Nesta terça-feira (1º), Neymar, ainda suspenso no torneio continental, está fora da partida contra o Galatasaray, na Turquia. Assim, cabe a Mbappé o papel de protagonista.

“Eu prefiro o Mbappé jogando ao lado do Neymar. Acho que o potencial dele é melhor explorado. Mas ele também tem condições de decidir jogos para nós”, avisou o treinador do PSG, Thomas Tuchel. “Os dois amam estar juntos, jogar juntos. Gostam de fazer brincadeiras. A personalidade deles combina e eu observo que isso ajuda muito o nosso elenco. Eles fazem o melhor para o time com naturalidade. É uma amizade legal e destacável”, complementou.

A união da dupla fora de campo empolga o PSG. O clube expõe em redes sociais fotos e vídeos da intimidade dos jogadores quando estão juntos no vestiário. O craque francês também sempre usa da mesma estratégia, como em vídeo postado em que aparece ao lado de Neymar em uma viagem de avião com o elenco, em que os dois, sentados lado a lado, ensaiavam uma coreografia para comemorar os gols.

A comunicação entre Neymar e Mbappé acontece em uma mescla de inglês com espanhol. O brasileiro costuma chamar o francês de 20 anos de “golden boy” (menino de ouro). Para uma relação mais aprofundada, como discussões táticas no vestiário, Neymar conta com a tradução de Marquinhos ou Thiago Silva para entender o francês de Mbappé.

Nas declarações públicas, também só elogios. Neymar já falou por diversas vezes que vê Mbappé como um nome certo ao prêmio de melhor do mundo. Por sua vez, o francês eleva o brasileiro ao nível de Cristiano Ronaldo e Messi sempre que perguntado sobre o prazer em jogar ao seu lado.

Aos mais próximos, Neymar já comentou ver na relação algo parecido com a proximidade que teve com Messi no Barcelona, quando era o mais jovem na relação de amizade. Desta vez é o brasileiro que se vê na responsabilidade de ajudar no trabalho de evolução do jogador francês.

“Ele chegou no vestiário dizendo que poderia ter me passado mais a bola, mas isso faz parte. Nós temos um bom ‘feeling’ dentro e fora de campo e estou feliz que ele voltou a jogar futebol com a sua alegria característica”, destacou Neymar ao responder pergunta sobre um pedido público de desculpas de Mbappé, após a partida contra o Bordeaux, por tentar o gol sem optar pelo passe para o brasileiro, melhor posicionado.

“Nossa relação é assim: não há filtros. Existem coisas que a gente diz e que a gente faz, mas nossa relação é na base da honestidade e da admiração. Se qualquer coisa não está bem, a gente fala na cara”, comentou Mbappé.

 

 

 

 

Fonte: Folhapress

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here