Acusada de matar pai e filho em Floriano se entrega à polícia

0
Foto| Divulgação.

Conforme a Polícia Civil, o advogado de defesa da acusada procurou o delegado para negociar a apresentação de Francinéia.

Uma mulher identificada como Francinéia Guedes, acusada de matar dois homens por vingança durante uma troca de tiros no município de Floriano, se entregou à Polícia Civil nesta quarta-feira (23), por volta do meio-dia. As vítimas eram pai e filho e o crime aconteceu no dia 11 de maio deste ano.

Conforme o delegado Bruno Ursulino, da Delegacia de Polícia Civil de Floriano, o advogado de defesa da acusada foi o intermediador entre a polícia e Francinéia. “O advogado dela nos procurou mais cedo para negociar os termos da apresentação de Francinéia. Ele queria que eu falasse com a equipe da delegacia, que estava em diligências para capturá-la, para que as buscas fossem cessadas, afim de que ela realizasse uma apresentação mais tranquila”, informou.

Entretanto, os policiais civis já estavam próximos de conseguir capturar a acusada. “Na terça-feira (22), nós adentramos em uma mata na região e localizamos um casebre onde foram encontradas roupas da acusada, como se ela tivesse saído naquele momento para ir atrás de comida, porque era próximo do horário do almoço. Então, coincidentemente, o advogado nos procurou no dia seguinte”, revelou o delegado.

Francinéia será transferida para a Penitenciária Feminina, em Teresina. O seu comparsa, identificado como Denys, encontra-se preso Penitenciária “Gonçalo de Castro Lima”- Vereda Grande, em Floriano.

Entenda o caso

Fabrício da Costa Reis e seu filho Douglas Ribeiro da Silva foram executados durante uma troca de tiros na PI-140, no município de Floriano. Os acusados são Francinéia Guedes e o seu comparsa Denys, que foi baleado e, em seguida, capturado pela polícia civil.

O delegado Bruno Ursulino, responsável pelas investigações do caso, revelou ao GP1 que o crime foi motivado por vingança. Fabrício da Costa Reis assassinou o pai da acusada, durante uma festa, há cerca de 18 anos atrás. Francinéia confessou os dois homicídios e a motivação em sua rede social.

Fonte: GP1.

Matéria relacionada 

Acusada de matar pai e filho em Floriano confessa crime no Facebook

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here